Postagem em destaque

Sob Lula e Dilma, valor emprestado ao BNDES supera o da reconstrução da Europa pós 2ª Guerra

O  físico e economista Samuel Pessôa, em sua coluna na Folha de S. Paulo, compara os valores emprestados ao BNDES ao custo da reconstrução de 16 países europeus, e mostra que o Brasil gastou 25% a mais do que a reconstrução. Pessôa conclui: "temos que desfazer nosso Plano Marshall para arrumar a casa de uma economia devastada por esta e outras iniciativas da ruinosa nova matriz econômica".

Notícias Recentes